Juntas somos mais fortes

E é com essa ideia em mente que as MaRIas IRI-USP começaram a buscar parcerias, de forma mais ativa, a partir de 2020. Há uma grande quantidade de iniciativas incríveis de grupos e coletivos feministas na área de Relações Internacionais, muitas delas criadas justamente pela mesma motivação que nós: construir espaços de reflexão, luta e formação na temática de gênero. Assim, nada mais fundamental do que unir nossas lutas para fortalecer nossos objetivos comuns. Essas parcerias também ressaltam que nossa atuação deve ser sempre coletiva, e que devemos usar esses canais para trocar figurinhas e nos apoiar.

A área de Relações Institucionais (Parcerias) é responsável pela articulação com grupos e organizações parceiras e pela relação com a recém-criada Rede de Gênero e Sexualidade e RI. Essa rede nacional começou a ser constituída a partir do Fórum de Grupos de Gênero e RI, realizado em novembro de 2020, no âmbito do I Seminário das MaRIas IRI-USP, e busca justamente criar um canal de comunicação e apoio entre as diferentes iniciativas, além de potencializar as reivindicações de gênero dentro do nosso campo.

Dentre os grupos parceiros que fazem parte da rede e que estiveram presentes no Fórum, é possível listar:

·         GENERI (UFU): Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Gênero e Relações Internacionais

·         GENERI (UNAMA): Grupo de Estudos em Gênero e Relações Internacionais

·         INDERI (FURG): Grupo de Pesquisa Interseccionalidades e Decolonialidade nas Relações Internacionais

·         MulheRIs

·         NEFRI: Núcleo Estudantil Feminista de Relações Internacionais

·         OFRI: Observatório Feminista de Relações Internacionais

·         TIBIRA (PUC-SP): Núcleo de Estudos Internacionais de Gênero e Sexualidades da PUC-SP

Mas além da própria rede, também acreditamos ser imprescindível a parceria com outras iniciativas no campo das RI, mesmo que não atuem especificamente com a pauta de gênero. Isso porque parte do nosso trabalho é também expandir o debate e a pesquisa sobre gênero em nossa área, e ajudar na divulgação de informação (confiável) sobre a pauta.

Assim, atualmente, também somos parceiros do “O Não Internacionalista” com a produção conjunta de conteúdos sobre gênero e relações internacionais no Instagram.

Prospecção

Um dos objetivos de nosso grupo, que não tem fins lucrativos e que é gerido de forma totalmente autônoma, composto por integrantes que se dedicam de forma voluntária, é conseguir expandir suas atividades de maneira sustentável.

Contudo, isso gera alguns custos operacionais que, atualmente, acabam tendo de ser desembolsados pelas próprias integrantes. Assim, como uma forma de valorizar o trabalho do grupo e possibilitar sua expansão, começamos a atuar na busca de novas parcerias e editais de fomento que pudessem ajudar a financiar nosso trabalho e pesquisa.

Se você conhece iniciativas que atuem nesse sentido, entre em contato conosco pelo: mariasiriusp@gmail.com